quinta-feira, 28 de novembro de 2013

LANÇAMENTO DE LIVROS EM BRAILLE NA FEIRA DO LIVRO DE PORTO ALEGRE - RS

Para o escritor, o nascimento de um livro é sempre uma alegria, uma emoção. Mesmo que ele tenha vários títulos publicados, cada novo livro é especial. Pelo menos eu tenho me sentido assim ao longo desses dezesseis anos de carreira. 

Se o nascimento de cada livro já é uma emoção, imaginem o "duplo" nascimento. Foi o que aconteceu no ano passado com o meu juvenil ONDE O CÉU ACONTECE e, este ano, com o DIÁRIO AO CONTRÁRIO, ambos da editora Atual/Saraiva. Foram transcritos para o braille!

Foi com muita alegria que recebi o convite da Confraria das Letras em Braille do Rio Grande do Sul, através da sua fundadora, a querida professora Isabel Sant´anna de Oliveira, para participar desse importante projeto: realizado em parceria com a Câmara Rio Grandense do Livro e com as editoras, que disponibilizam as capas impressas e o conteúdo dos livros para a edição em braille, sem fins lucrativos e produzida pela Confraria de forma voluntária.

O lançamento, não apenas do meu livro, mas de outros autores selecionados, aconteceu na Feira do Livro de Porto Alegre, no dia 12 de novembro, com distribuição gratuita dos exemplares para deficientes visuais, escolas e bibliotecas. Foi emocionante!

Meu muito obrigada à professora Isabel e a toda a equipe da Confraria, a quem parabenizo pelo excepcional trabalho de inclusão social e cultural.

Abaixo, algumas fotos registrando essa tarde singular.


Abertura do evento com apresentação da fundadora da Confraria: Isabel Sant´anna de Oliveira





Coral da Escola Municipal Papa João XXIII e a professora Rosa Manenti, que tive o prazer de rever. No ano passado, fui patrona da Feira do Livro dessa escola muito especial, que fica em Cachoeirinha!

Linda apresentação do coral com a participação de um ex-aluno muito querido: Douglas (deficiente visual, que depois recebeu um exemplar do meu DIÁRIO AO CONTRÁRIO!)

Coral convidado para a abertura

Grupo de dança da terceira idade alegrando o evento!

Apresentação do escritor Luís Dill, embaixador da Confraria e também participante do projeto

Minha apresentação: me emocionei ao partilhar o nascimento...
... do meu DIÁRIO AO CONTRÁRIO em braille!

Momento especial: pessoas da plateia, sem deficiência visual, receberam uma máscara para vedar os olhos e tentar  "imaginar" as capas dos livros que foram descritas por cada autor.

Apresentação da escritora Tânia Alexandre Martinelli

Tânia (depois de descrever a capa), mostrando o livro TEMPO DE ROSAS, da editora Positivo, que também foi transcrito para o braille.

Waldin de Lima, deficiente visual e escritor participante do projeto!

Embaixadores da Confraria e autores participantes do projeto: Luís Dill e Christina Dias



Entrega do meu DIÁRIO AO CONTRÁRIO para o Douglas, leitor muitíssimo especial!



Equipe da Confraria das Letras em Braille e autores convidados

Exemplares dos 12 livros selecionados para o projeto

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

COLÉGIO DOM BARRETO - CAMPINAS

Fui recebida com muita alegria pelos alunos, professoras da Educação Infantil, bibliotecária, orientadora e vice-diretora do Colégio Dom Barreto, em Campinas, no dia 29 de outubro.

As crianças leram meu livro O GATO QUE COMIA COUVE-FLOR, da editora Atual. Além de se divertirem com a história do gato Pipoca, que, de verdade verdadeira, a-do-ra-va comer couve-flor, confeccionaram lindos gatinhos com materiais recicláveis. 

Também leram o livro UM BICHINHO SÓ PRA MIM, da Quinteto editorial (FTD). Escreveram cartinhas para os pais do menino da história, tentando ajudá-lo a realizar seu sonho de ter um animalzinho de estimação!

Nosso encontro foi uma delícia! Adorei responder as mil e uma perguntas sobre o menino que queria ter um bichinho e também sobre o Pipoca, um gato diferente, "que não gostava de salame, mas adorava sopa de nhame", e "desde pequenininho comia legumes e frutas, mas torcia o focinho para sardinhas e trutas". 

Também adorei ver as danças e músicas que as crianças apresentaram. E o lindo projeto realizado a partir da leitura. Ganhei um CD mostrando as etapas e o envolvimento de todos nesse belo trabalho.

Obrigada e parabéns às queridas professoras Márcia Regina, Rita Carvalho, Carolina Spagnol, Mayara Sanches, Rafaela Camargo, Sandra Marroni e Geovana Pansani. Também agradeço à bibliotecária Denise, à orientadora Eliana Cremasco e à vice-diretora Theresinha Maia, enfim, à toda a equipe do Colégio Dom Barreto!







Além dos dois títulos trabalhados, alguns dos meus outros
"filhotes" também estavam no acervo da biblioteca:


O novíssimo "Passagem secreta para o sonho",
"O que é que eu faço, Afonso?", "Saudade doída",
"O segredo da xícara cor de nuvem" e "Segredos
de seis corações".

Para completar, o "Letras cadentes",
que não aparece na foto.































Antes de ir embora, ouvi dessa fofura: "Sônia Barros, eu te amo. Nunca mais vou esquecer de você!"
Não preciso dizer que me emocionei, preciso? E respondi a ela: "Também amo você, querida, e cada um dos meus leitores, de todo o meu coração".